Nossa história

Nossa história começou em julho de 1956 quando o imigrante português Julio Simões fundou a Transportadora Julio Simões Ltda. (atualmente JSL) ao adquirir seu primeiro caminhão e começar a transportar produtos hortifrutigranjeiros de Mogi das Cruzes para São Paulo e Rio de Janeiro. No mesmo ano, ele passou a prestar serviço de transporte para a indústria de papel e celulose. Em 1970, a companhia fez sua primeira aquisição, a Transcofer, uma empresa que era três vezes maior, e em 1972 a JSL já possuía uma frota de 42 caminhões. Com muito trabalho e dedicação, confiança das instituições financeiras e gente comprometida com foco em encantar o cliente, a companhia teve um grande ciclo de crescimento ao longo da década de 70.

Em 1981, com 14 anos, Fernando Antônio Simões, o filho caçula do Sr. Julio, começou a trabalhar na JSL, passou por diversas áreas e, em 1986, tornou-se diretor operacional. Dois anos depois assumiu a área comercial da companhia. No final da década de 80, o Grupo iniciou sua diversificação passando a atuar em locação de veículos leves e fretamento para transporte de colaboradores. Tendo credibilidade, histórico de entrega, e foco nas necessidades dos clientes, a JSL pôde aproveitar o grande ciclo de terceirização nas indústrias.

No início da década de 1990, Fernando já dividia com o pai a gestão da companhia e deu continuidade à diversificação de negócios. Esse movimento teve como objetivo agregar ainda mais valor aos clientes, aumentando a fidelização e a diferenciação em relação aos concorrentes e reduzindo a concentração de clientes e a dependência de atividades e segmentos. Ao longo da década, o Grupo passou a atuar em comercialização de veículos leves, Gestão de Terceirização de Frotas (GTF) de veículos leves, locação de ativos pesados e mobilidade urbana.

Após a virada do milênio, a companhia ampliou ainda mais seu raio de atuação e implantou serviços como operações florestais e movimentação dentro de unidades industriais de seus clientes. Todos estes movimentos levaram a JSL, já em 2001, à liderança no ranking em seu segmento, posição em que permanece desde então. Em 2006, foi criado o Instituto Julio Simões com o objetivo de concentrar e aprimorar todas as ações sociais que sempre foram realizadas pelo fundador e sua esposa em prol das comunidades onde atuamos. Em 2009, de acordo com o planejamento estratégico do Grupo, todas as operações com o setor público foram consolidadas na CS Brasil, empresa na qual foi concentrada toda a equipe com capacidade técnica específica para seu segmento de atuação e com práticas diferenciadas de governança e transparência.

No ano de 2010, como mais um passo para fortalecer a governança, solidez e diferenciação da companhia, foi realizada a abertura de capital no segmento Novo Mercado, o mais alto nível de governança corporativa na B3. Esse importante passo fazia parte do planejamento estratégico da companhia como forma de ampliar o acesso a capital para sustentar o ciclo de desenvolvimento do negócio, contribuir para a perpetuidade da companhia e oferecer mais segurança aos clientes que confiam à companhia a execução de atividades estratégicas.

Em 2011, a JSL adquiriu a Rodoviário Schio, a maior empresa de transporte e armazenagem de alimentos em temperaturas controladas do País, e ampliou sua plataforma de serviços logísticos. Em 2013, foi criada a JSL Leasing com o objetivo de apoiar no processo de vendas e fidelização de clientes do Grupo. No início de 2014, foi concluída a aquisição da Movida, que possuía uma frota de 2,4 mil veículos e 29 lojas. A Movida centralizou as operações de GTF de veículos leves que eram realizadas pela JSL e, com nosso DNA de servir, foi pioneira em diversas inovações com foco nas necessidades dos clientes como, por exemplo, a oferta de carros importados, grande amplitude de modelos e uso de tecnologia para melhorar a experiência dos clientes, contribuindo para a transformação do mercado de locação de veículos no Brasil. Em 2015, seguindo o que estava estabelecido no plano estratégico, o Grupo criou a Vamos, que passou a consolidar toda a operação de locação de ativos pesados que já era realizada pela JSL desde a década de 1990, além da rede de concessionárias de caminhões e ônibus Volkswagen/MAN, e a rede de seminovos.

No início de 2017, foi realizado o IPO da Movida reforçando sua estrutura de capital para o desenvolvimento da companhia. No mesmo ano, a Vamos adquiriu o Grupo Borgato, empresa de locação e comercialização de máquinas e equipamentos pesados voltados ao setor agrícola. Em 2019, a JSL Leasing passou a ser denominada BBC Leasing e foi criada a BBC Digital, uma plataforma de serviços financeiros digitais com foco no ecossistema do grupo, buscando atender melhor e fidelizar seus clientes.

Entre 2014 e 2019, o Grupo apresentou crescimento de 77% da receita consolidada para mais de R$10,7 bilhões, atingindo, em 2019, um Lucro Líquido recorde de R$319 milhões como resultado dos novos contratos e investimentos realizados e da transformação organizacional com maior autonomia e independência às empresas do Grupo. No mesmo período, a economia brasileira apresentou uma queda de 3% do PIB, evidenciando a resiliência dos negócios do Grupo.

Em julho de 2020, a atividade de holding, que até então era realizada pela própria JSL, passou a ser exercida pela SIMPAR, que consolidou as participações acionárias e a equipe corporativa com o objetivo de direcionar, acompanhar e controlar a execução dos planos de negócio das companhias controladas, desenvolver novos negócios e segmentos de atuação e assegurar o alinhamento de valores, cultura e modelo de gestão.